terça-feira, 21 de março de 2017

Poetizando a natureza


ECOLOGIA

Água doce, doce água

De mar é feita a terra,
De água é feita a gente. 
Abaixo o desperdício! 
Poupar água: coisa urgente!

Clara, doce ou gelada,
Verde, azul ou transparente,
Sem a água não há nada. 
Nem floresta, nem semente. 

Água doce mata a sede,
Água doce é a que lava. 
Cachoeira, rio ou fonte... 
Só não pode ser salgada. 

Tanto bate até que fura,
Diz ditado popular... 
Cuida dela! Você jura? 
Vamos economizar!



Ana Luiza
Montes Claros - MG 
MUNDO JOVEM: http://www.pucrs.br/mj/poema-ecologia-9.php


sábado, 4 de março de 2017

POEMAS DI-VERSOS


De poemas di-versos

                                para recordar
                                                 
                                                       é sempre bom!



um poeta louco escreve aos loucos, pois somente eles sentem o que o poeta sente, e o que ele sente é amor, paz e leveza.

Só os "loucos" amam e, amando, sentem-se cheirando a jasmim,qual óleo dos girassóis que nutre a pele e encharca o corpo, embalsamando a alma com os beijos nus, molhados, a esfriar a face feita álgida, de tanto nervosismo.

Eu sou louco. E você?

SILVA, POEMAS DI-VERSOS, 2016, p. 19
Por: Tállison Ferreira

BANDA ODÉ









MUITA ALEGRIA E DIVERSÃO

BANDA ODÉ NO CARNAVAL DE NATAL 2017



Por: Tállison Ferreira

JUNHO CHEGOU

JUNHO CHEGOU O mês de junho chegou, vou preparar minha fogueira. Com fé e amor meu São João vou festejar. Vou levar minha oferta, uma ...